Hoje, como nos dias de Jesus, existem certos princ�pios e ordenan�as do evangelho os quais devemos aprender e obedecer. Um princ�pio � uma cren�a ou ensinamento. Uma ordenan�a � um rito ou cerim�nia. Os dois primeiros princ�pios do evangelho s�o f� no Senhor Jesus Cristo e arrependimento. O batismo � a primeira ordenan�a do evangelho. Uma das instru��es que o Senhor deu aos Ap�stolos foi: "Portanto ide, fazei disc�pulos de todas as na��es, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Esp�rito Santo; ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado." (Mateus 28:19-20)

Devemos Ser Batizados para Remiss�o dos Pecados

Se tivermos f� em Cristo e nos arrependermos e formos batizados, nossos pecados ser�o perdoados por meio do sacrif�cio expiat�rio de Jesus Cristo.

Aprendemos nas escrituras que Jo�o Batista "(batizou) no deserto, e (pregou) o batismo de arrependimento, para remiss�o dos pecados." (Marcos 1:4) O Ap�stolo Pedro ensinou: "Arrependei-vos, e cada um de v�s seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perd�o dos pecados." (Atos 2:38) Ap�s a convers�o de Paulo, Ananias lhe disse: "Levanta-te, e batiza-te, e lava os teus pecados." (Atos 22:16)

Devemos Ser Batizados para Que Nos Tornemos Membros da Igreja de Jesus Cristo

"Todos aqueles que se humilharem diante de Deus, e desejarem batizar-se, (...) que se arrependeram verdadeiramente de todos os seus pecados (...), ser�o recebidos por batismo na Sua Igreja." (D&C 20:37)

Devemos Ser Batizados Antes de Recebermos o Dom do Esp�rito Santo

O Senhor disse: "Se tornares a mim e (...) te arrependeres de todas as tuas transgress�es (pecados), e te batizares mesmo na �gua, em nome de Meu Filho Unig�nito (...) receber�s o dom do Esp�rito Santo." (Mois�s 6:52)

Devemos Ser Batizados para Mostrar Obedi�ncia

Jesus Cristo n�o tinha pecado, mas assim mesmo foi batizado. Disse que Seu batismo era necess�rio para "cumprir toda a justi�a" (Mateus 3:15). O Profeta N�fi explicou que o Senhor falou: "Segui-me, pois; e fazei as coisas que me vistes fazer. (...) Com todo o cora��o, agindo sem hipocrisia e sem dolo diante de Deus, mas com verdadeira inten��o, arrependendo-vos de vossos pecados, testemunhando ao Pai que estais dispostos a tomar sobre v�s o nome de Cristo pelo batismo." (2 N�fi 31:12-13)

Devemos Ser Batizados para Entrar no Reino Celestial

Jesus disse: "E os que crerem em mim e forem batizados (...) herdar�o o reino de Deus. E os que n�o crerem em mim e n�o forem batizados, ser�o condenados."(3 N�fi 11:33-44) O batismo � a porta atrav�s da qual entramos no reino celestial.

Existe apenas uma forma correta de batismo. Jesus revelou ao Profeta Joseph Smith que uma pessoa com a autoridade apropriada do sacerd�cio para batizar "dever� entrar na �gua com o candidato ao batismo (...) Ent�o dever� imergir a pessoa na �gua, e dever�o sair da �gua." (D&C 20:73-74) A imers�o � necess�ria. O Ap�stolo Paulo ensinou que ser imergido na �gua e sair para fora dela simboliza a morte e a ressurrei��o. Somos "lavados" e limpos de nossos pecados quando somos batizados. Ap�s o batismo, come�amos uma nova vida. Paulo disse:

"Ou n�o sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?

De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte: para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos, pela gl�ria do Pai, assim andemos n�s tamb�m em novidade de vida.

Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhan�a da sua morte, tamb�m o seremos na da sua ressurrei��o." (Romanos 6:3-5)

O batismo por imers�o por algu�m com autoridade adequada � a �nica maneira aceit�vel de ser batizado.

Todo indiv�duo que alcan�a oito anos de idade e � respons�vel por suas a��es deve ser batizado. Algumas igrejas ensinam que as criancinhas devem ser batizadas. Isso n�o est� de acordo com os ensinamentos do Salvador. Quando Jesus falou das criancinhas, disse: "Porque dos tais � o reino dos c�us." (Mateus 19:14)

O Profeta M�rmon disse que batizar criancinhas era uma pr�tica absurda para o Senhor, pois elas n�o s�o capazes de pecar. O batismo n�o � exigido de pessoas mentalmente incapazes de conhecer o bem e o mal. (Ver Mor�ni 8:9-22.)

Todas as outras pessoas devem ser batizadas. Devemos receber a ordenan�a do batismo e permanecer fi�is ao conv�nio que fizemos naquele momento.

Muitas escrituras ensinam sobre o batismo. Em uma dessas escrituras, o profeta Alma ensina que a f� e o arrependimento s�o passos que nos preparam para o batismo. Ele ensinou que, ao sermos batizados, fazemos um conv�nio com o Senhor. Prometemos fazer certas coisas, e o Senhor, por sua vez, promete aben�oar-nos.

Alma explicou que devemos desejar ser chamados o povo de Deus. Devemos estar desejosos de ajudar e confortar uns aos outros. Devemos nos erguer como testemunhas de Deus a todo o momento e em todas as coisas e lugares. Se fizermos essas coisas e formos batizados, Deus perdoar� nossos pecados. Alma disse ao povo que acreditou em seus ensinamentos sobre o evangelho:

"Eis aqui as �guas de M�rmon (...); e agora, sendo que desejais entrar no rebanho de Deus e ser chamados seu povo; (...) o que vos impede de serdes batizados em nome do Senhor, como um testemunho, perante ele, de que haveis feito conv�nio com ele de servi-lo e guardar seus mandamentos, para que ele possa derramar seu Esp�rito com mais abund�ncia sobre v�s? "(Mosias 18:8-10) O povo bateu palmas de alegria e disse que desejava ser batizado. Alma os batizou nas �guas de M�rmon. (Ver Mosias 18:7-17.)

Alma ensinou que, quando somos batizados, fazemos conv�nios com o Senhor de:

1. Entrarmos para o rebanho de Deus;

2. Ajudarmo-nos uns aos outros a carregar os fardos da vida;

3. Tornarmo-nos testemunhas de Deus a todo o momento e em todos os lugares;

4. Servir a Deus e guardar Seus mandamentos.

Quando somos batizados e guardamos os conv�nios do batismo, o Senhor promete que:

1. Perdoar� nossos pecados;

2. Derramar� Seu Esp�rito de modo mais abundante sobre n�s;

3. Dar-nos-� orienta��o diariamente e a ajuda do Esp�rito Santo;

4. Far-nos-� surgir na Primeira Ressurrei��o;

5. Dar-nos-� vida eterna.

Com o batismo, come�amos uma nova vida. Essa � a raz�o por que ele � um novo nascimento. Jesus disse que, a menos que nas�amos de novo, n�o poderemos entrar no reino de Deus. Ele explicou, ainda, que, a menos que nas�amos da �gua e do esp�rito, n�o poderemos entrar no reino de Deus. (Ver Jo�o 3:3-5.) Esse princ�pio foi claramente explicado a Ad�o:

"E como haveis nascido no mundo pela �gua, sangue e esp�rito que fiz, e assim haveis tornado do p�, alma vivente, mesmo assim tereis de nascer de novo no reino do c�u, da �gua, e do Esp�rito, e ser limpos pelo sangue, at� mesmo o sangue de meu Unig�nito." (Mois�s 6:59)

O Ap�stolo Paulo disse que, ap�s o batismo, devemos come�ar uma nova vida: "Fomos sepultados com ele pelo batismo (...) assim andemos n�s tamb�m em novidade de vida." (Romanos 6:4)

Uma das grandes b�n��os do batismo � que ele nos oferece um novo princ�pio no caminho para alcan�armos a nossa meta eterna.

� 2 N�fi 31:4-7 (prop�sito e necessidade do batismo)

� 3 N�fi 11:21-27 (como realizar um batismo)

� Atos 2:38-39 (batismo para remiss�o dos pecados)

� D&C 20:71-72 (batismo n�o � exigido de crian�as; � requerido de todos que se arrependem)

� Alma 7:14, 15-16 (ser batizado � ser limpo, entrar num conv�nio de vida eterna)

 

<< Cap�tulo 19

Sum�rio

P�gina Inicial

Cap�tulo 21 >>