Joseph Smith disse que cremos que atualmente se desfruta o dom do Espírito Santo tão amplamente como no tempo dos primeiros Apóstolos. Cremos nesse dom em toda a sua plenitude, poder, majestade e glória. (Ver Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, p. 237.)

No capítulo 7, aprendemos que o Espírito Santo é um membro da Trindade. Ele é um espírito na forma de um homem e não possui um corpo de carne e ossos. Pode estar em apenas um local de cada vez, mas sua influência pode ser sentida em todos os lugares ao mesmo tempo. Sua missão é testificar do Pai e do Filho, bem como de toda a verdade. Além disso, o Espírito Santo nos purifica, ou santifica, a fim de que nos preparemos para habitar na presença de Deus. O Espírito Santo purifica o coração de tal forma que nos faz perder o desejo de praticar o mal.

Há uma diferença entre o Espírito Santo e o dom do Espírito Santo. Neste capítulo, aprenderemos o que é o dom do Espírito Santo e como podemos receber esse grande dom de Deus.

O dom do Espírito Santo é o privilégio dado a uma pessoa, que teve fé em Jesus Cristo e foi batizada e confirmada membro da Igreja, de receber a orientação e inspiração do Espírito Santo.

Uma pessoa pode ser guiada temporariamente pelo Espírito Santo, sem receber o dom do Espírito Santo. Entretanto, essa orientação não será contínua, a menos que ela receba o batismo e a imposição das mãos para o dom do Espírito Santo. Lemos em Atos 10 que o centurião Cornélio recebeu inspiração do Espírito Santo para saber que o evangelho de Jesus Cristo era verdadeiro. Cornélio, porém, não recebeu o dom do Espírito Santo até ser batizado. O Profeta Joseph Smith ensinou que, se Cornélio não tivesse recebido o batismo e o dom do Espírito Santo, este o teria deixado. (Ver Ensinamentos do Profeta Joseph Smith, pp. 194-195.)

Hoje, muitas pessoas não-membros da Igreja aprendem pelo poder do Espírito Santo que o Livro de Mórmon é verdadeiro. (Ver Morôni 10:4-5.) Mas esse lampejo de testemunho os deixará, se não receberem o dom do Espírito Santo. Eles não terão a certeza contínua do testemunho, como pode ocorrer com aqueles que possuem o dom do Espírito Santo.

Às pessoas que foram batizadas e confirmadas é dado o dom do Espírito Santo pela imposição das mãos dos élderes da Igreja. O Senhor disse: "E a quem tiver fé, confirmareis na minha Igreja, pela imposição das mãos, e Eu Lhes concederei o dom do Espírito Santo." (D&C 33:15)

Todo élder da Igreja que é digno, quando autorizado pode conceder o dom do Espírito Santo a uma outra pessoa. Todavia, não há qualquer garantia de que a pessoa receberá inspiração e orientação do Espírito Santo, apenas porque os élderes impuseram-lhe as mãos. Todos devem "receber o Espírito Santo". Isso significa que o Espírito Santo somente será concedido a uma pessoa se ela for fiel e desejar a ajuda desse mensageiro celestial. [Ver Bruce R. McConkie, Mormon Doctrine, (Doutrina Mórmon), p. 313.]

Para ser digno de receber a ajuda do Espírito Santo, devemos esforçar-nos para obedecer aos mandamentos de Deus e manter puros nossos pensamentos e ações. O Presidente David O. McKay disse: "Um dos principais propósitos da vida é sobrepujar as tendências malignas, governar os apetites, controlar as paixões - a raiva, o ódio, a inveja, a imoralidade. Temos que sobrepujar essas tendências, sujeitá-las, conquistá-las, e isso porque Deus disse: '(...) o Espírito do Senhor não habita em templos impuros-(Helamã 4:24)', e 'não tentará influenciar para sempre o homem (2 Néfi 26:11)'." ["Emotional Maturity", (Maturidade Emocional), Instructor, set. de 1959, p. 281]

O dom do Espírito Santo é um dos maiores dons concedidos ao homem. Por seu intermédio, podemos saber que Deus vive, que Jesus é o Cristo e que Sua Igreja foi restaurada na Terra. Além disso, podemos ouvir os sussurros do Espírito Santo dizendo-nos o que devemos fazer (ver 2 Néfi 32:5). O Espírito Santo nos santifica e nos prepara para entrarmos na presença de Deus. Podemos também gozar dos dons do Espírito (ver capítulo 22, "Os Dons do Espírito"). Esse grande dom do Pai Celestial também pode trazer paz aos corações e entendimento das coisas de Deus (ver I Coríntios 2:9-12).

• I Coríntios 3:16-17; D&C 130:22-23 (o Espírito Santo habita com os fiéis)

• Morôni 8:25-26 (como receber o Espírito Santo)

• Morôni 10:5 (o Espírito Santo - uma testemunha da verdade)

• Mosias 5:2 (o Espírito Santo muda o coração)

• Alma 5:54 (o Espírito Santo santifica)

 

<< Capítulo 20

Sumário

Página Inicial

Capítulo 22 >>