ESCOLHEMOS JESUS CRISTO

COMO NOSSO L�DER E SALVADOR

Cap�tulo 3

 

Era Necess�rio que Tiv�ssemos um Salvador e um L�der

Quando o plano para a nossa salva��o nos foi apresentado no mundo espiritual, ficamos t�o felizes, que rejubilamos de alegria (ver J� 38:7).

Entendemos que ter�amos de deixar o lar celestial por algum tempo. N�o viver�amos mais na presen�a de nossos pais celestes. Enquanto estiv�ssemos longe deles, todos n�s cometer�amos pecados e alguns se perderiam. O Pai Celestial conhecia e amava todos n�s. Ele sabia que precisar�amos de ajuda; assim, planejou um meio de auxiliar-nos.

Precis�vamos de um Salvador para pagar por nossos pecados e para nos ensinar como voltar ao Pai Celestial. O Pai disse: "A quem enviarei?" (Abra�o 3:27) Dois de nossos irm�os se ofereceram para ajudar. Nosso irm�o mais velho, Jesus Cristo, que se chamava Jeov�, disse: "Eis-Me aqui, envia-Me." (Abra�o 3:27)

Jesus estava disposto a vir a Terra, a dar Sua vida por n�s e a tomar sobre Si os nossos pecados. Ele, como o Pai Celestial, desejava que decid�ssemos se obedecer�amos aos mandamentos do Pai Celestial. Sabia que era necess�rio que f�ssemos livres, a fim de nos tornarmos dignos da exalta��o. Jesus disse: "Pai, fa�a-se a Tua vontade e seja Tua a gl�ria para sempre." (Mois�s 4:2)

Satan�s, que se chamava L�cifer, tamb�m se apresentou e disse: "Eis-me aqui, manda-me e serei Teu filho e redimirei a humanidade toda, de modo que nem uma s� alma se perder�, e sem d�vida, o farei; portanto, d�-me a Tua honra." (Mois�s 4:1) Satan�s desejava for�ar-nos a fazer sua vontade. De acordo com seu plano, n�o nos seria permitido escolher. Ele nos tiraria a liberdade de escolha que nos fora dada pelo Pai. Satan�s desejava toda a honra por nossa salva��o.

Escolhemos Jesus Cristo como Nosso L�der e Salvador

Ap�s escutar os dois filhos falarem, o Pai Celestial disse: "Enviarei ao primeiro." (Abra�o 3:27)

Jesus Cristo foi escolhido e ordenado nosso Salvador. Muitas escrituras nos dizem isso. Uma delas nos conta que, muito antes do Seu nascimento, Jesus apareceu ao irm�o de Jarede, um profeta do Livro de M�rmon, e disse: "Eis que eu sou aquele que foi preparado desde a funda��o do mundo para redimir meu povo. Eis que eu sou Jesus Cristo (...) Em mim toda a humanidade ter� vida e t�-la-� eternamente, sim, aqueles que crerem em meu nome." (�ter 3:14)

Quando Jesus viveu sobre a Terra, ensinou: "Porque eu desci do c�u, n�o para fazer a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou (...) Porquanto a vontade daquele que me enviou � esta: que todo aquele que v� o Filho, e cr� nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no �ltimo dia." (Jo�o 6:38, 40)

A Guerra nos C�us

Em virtude de nosso Pai Celestial haver escolhido Jesus Cristo para ser nosso Salvador, Satan�s ficou zangado e rebelou-se. Houve guerra no c�u. Satan�s e seus seguidores lutaram contra Jesus e seus seguidores.

Nesta grande rebeli�o, Satan�s e todos os esp�ritos que o seguiam foram afastados da presen�a de Deus e expulsos dos c�us. Um ter�o dos esp�ritos celestes foram punidos por seguirem Satan�s, sendo-lhes negado o direito de receber um corpo mortal.

Sabemos haver escolhido Jesus Cristo e o Pai Celestial porque estamos aqui na Terra e temos corpos mortais. Satan�s e seus seguidores tamb�m est�o na Terra, mas como esp�ritos. Eles n�o esqueceram quem somos e est�o ao nosso redor diariamente, tentando-nos e incitando-nos a fazer coisas que n�o s�o agrad�veis ao Pai Celestial. Na vida pr�-terrena, escolhemos o bem. Devemos continuar a faz�-lo aqui na Terra. Somente seguindo a Jesus podemos voltar ao lar celestial.

N�s temos os Ensinamentos do Salvador para Seguir

Desde o princ�pio, Jesus Cristo revelou o evangelho, o qual nos diz o que devemos fazer para voltar � presen�a do Pai Celestial. No tempo determinado, Ele veio a Terra. Ensinou o plano de salva��o e exalta��o n�o s� pela palavra como por Seu modo de viver. Estabeleceu Sua Igreja e Seu sacerd�cio sobre a Terra e tomou sobre Si nossos pecados.

Seguindo Seus ensinamentos, poderemos voltar a viver com Ele e nossos pais celestiais no reino dos c�us. Ele foi escolhido para ser nosso Salvador, quando todos n�s est�vamos no Grande Conselho. Quando se tornou nosso Salvador, fez a Sua parte para nos ajudar a voltar ao lar celestial. Agora cabe a n�s fazermos nossa parte e nos tornarmos dignos da exalta��o.

Escrituras Adicionais

� Mois�s 4:1-4 (Conselho no C�u)

� Abra�o 3:22-28 (Conselho no C�u)

� D&C 76:24-29 (Guerra no C�u)

� Apocalipse 12:7-9 (Guerra no C�u)

� Isa�as 14:12-15 (por que Satan�s foi expulso)

� 2 N�fi 9:6-26; 3 N�fi 27:13-20 (prop�sito da Expia��o)

 

<< Cap�tulo 2

Sum�rio

P�gina Inicial

Cap�tulo 4 >>